Dia Nacional de combate à intolerância religiosa

Dia Nacional de combate à intolerância religiosa

O Brasil possui leis para punir atitudes de discriminação contra qualquer religião. Mas como você pode ajudar no combate a intolerância?

Em nosso país, desde 1989, é considerado crime qualquer atitude de discriminação e preconceito contra crenças e práticas religiosas. Para ajudar na conscientização social, desde 2007 é celebrado oficialmente o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (21/01). Na prática, além de conscientizar, é preciso agir para inibir e coibir atitudes de intolerância religiosa. Mas como fazer isso?

Em um país tão diverso, nada mais esperado, que a diversidade de religiões também seja algo natural. Porém, no dia a dia, muitas religiões são alvo de atitudes de intolerância. Estas atitudes são provocadas por pessoas que não respeitam essa diversidade. Principalmente, as religiões de matriz africana como o candomblé e a umbanda, entre outras.

Atitudes inclusivas

O preconceito e a discriminação podem ser combatidos com atitudes de conscientização e educação. Por isso, preparamos algumas dicas para que você ponha em prática no programa de DE&I da sua empresa e na sua vida. Nossas dicas poderão ajudar no respeito e combate à intolerância religiosa. Vamos lá:

  • A Declaração Universal dos Direitos Humanos entende que a intolerância religiosa é uma grave violação porque ofende a dignidade humana;
  • Estabeleça uma data para falar sobre o tema e abrir canais de diálogo e troca entre os profissionais;
  • As pessoas sem religião ou que se declaram ateus / ateias também precisam ser ouvidas e respeitadas.
  • Muitas datas celebrativas e feriados oficiais são baseados nas religiões dominantes em determinada região ou país. Fique atento a isso e no impacto para a vida de pessoas com religiões diferentes.
  • Entenda mais sobre os direitos das pessoas que professam uma religião ou crença. A Universidade Católica de Pernambuco elaborou uma cartilha muito interessante sobre o tema disponível em https://www1.unicap.br/observatorio2/wp-content/uploads/2023/04/Cartilha-Combate-Intolerancia-1.pdf
  • O Guia Prático de Adaptações Razoáveis da OIT oferece uma metodologia para ajudar no processo de inclusão de trabalhadores que professam determinada religião ou crença. Faça o download nesse link https://atitudeinclusiva.com.br/ebooks/
  • E a cartilha bem objetiva sobre o tema do Tribunal de Justiça de SP também vale a leitura https://api.tjsp.jus.br/Handlers/Handler/FileFetch.ashx?codigo=141507

Estas são só algumas sugestões para quem está começando a inserir esse tema na pauta das ações de D&I. No mais, estimulamos sempre a busca por conhecimento, por aliados internos e por parceiros que ajudem a causar o efeito inclusivo.

Precisa de ajuda?

Ainda está se sentido perdido sobre o que fazer para estimular o tema em sua empresa? Estamos à disposição para um bate-papo para ajudá-lo. Converse com os causadores! Vamos ajudá-los a pensar ações que atendam seus colaboradores e ajude a engajá-los no tema.

Somos uma empresa de treinamento e consultoria com foco em diversidade e inclusão. Entre em contato conosco pelo [email protected] para conhecer o nosso portfólio de ações, treinamentos e serviços. Nossa equipe de causadores está à disposição para levar + Atitude Inclusiva para a sua empresa.